A oração, vital como a água – II

No artigo passado, respondemos a questão “que é rezar?”. Agora, vamos à nossa segunda pergunta:

Para que rezar?

Pensamos logo na oração como uma arte para conseguir de Deus aquilo que queremos. Trata-se de uma visão pobre e enganada da oração. Já afirmei, no artigo passado, que rezar é colocar-se diante de Deus em atitude de escuta, de acolhimento e disponibilidade. Mas, para que isso?