Meditação 17 | Retiro Quaresmal - "São estas as palavras..."

Reze o Salmo 119/118,129-136 Agora, leia com piedade, com atenção e um coração que escuta Dt 13 1. Este capítulo nos fala de uma realidade intrigante, perigosa e ameaçadora: os falsos profetas, aqueles que parecem falar em Nome do Senhor Deus, quando, na verdade, não foram enviados e não têm nos lábios as palavras do Senhor (cf. Jr 28,15-17). Esses, seduziam pela palavra, pelas ideias atraentes e pelos sinais que realizavam... E, no entanto, sempre existirão falsos profetas no seio do Povo de Deus! Quem são eles? Primeiramente, é necessário insistir nisto: eles não foram enviados por Deus e, portanto, não falam as palavras do Senhor, não falam em Nome do Senhor, não são instrumentos da vontade do Senhor! Eles falam suas próprias ideias, anunciam seus próprios sonhos vazios, suas ideias, suas ideologias, segundo sua própria medida e sua própria mente! Desse modo, terminam por afastar quem os ouve da vontade e da verdade do próprio Deus. O difícil, o tremendo, é que são lobos sob pele de ovelhas! Leia Mt 7,15-20! Lembre bem: a palavra “profeta”, “nabi”, em hebraico, quer dizer porta-voz, isto é, aquele que fala em nome de alguém! Quem fala em seu próprio nome, expondo suas próprias ideias, não é profeta; é um impostor! O profeta é unicamente o que foi enviado por Deus para falar as palavras do Senhor Deus! Aquele que fala em seu próprio nome fazendo-se passar por enviado de Deus termina a serviço do Pai de Mentira, de Satanás, pois desvia o coração dos homens para os ídolos, os falsos deuses! No fundo, por trás das palavras de todo falso profeta há o risco da idolatria, da falsa religião: “Vamos seguir outros deuses e servi-los” (v. 7)… 2. Atenção, que há ainda um perigo, uma armadilha escondida nos ardis dos falsos profetas: eles podem realizar sinais e milagres! Recorde dos magos do Egito (cf. Ex 7,11.22); lembre das palavras do Senhor nosso Jesus Cristo (cf. Mc 13,21ss) e da advertência do Apocalipse (cf. 13,11-18)! Esses falsos profetas seduzem, enganam; podem ter características do Cordeiro, mas, na verdade, sua palavra é de dragão, pois queima, destrói (cf. Ap 13,11)! Falsos profetas milagreiros, falsos profetas curandeiros, falsos profetas que prometem prosperidade, falsos profetas que prometem uma sociedade perfeita na terra, falsos profetas arautos de ideologias diabólicas e anticristãs… E usando o santíssimo Nome de Jesus Cristo e Seu santo Evangelho: “Se alguém disser