Please reload

Posts Recentes

Is 53,10-11

Sl 32

Hb 4,14-16

Mc 10,35-45

Comecemos observando o Evangelho.

Notemos como os dois irmãos, Tiago e João, se dirigem a Jesus: “Queremos que faç...

Homilia para o XXIX Domingo Comum - Ano B

October 23, 2018

1/2
Please reload

Posts Em Destaque

A propósito de Jo 12,44-50

May 21, 2019

Jesus nosso Senhor é o Enviado do Pai.

Ele não veio por Si mesmo nem de Si mesmo; veio do Pai: Ele procede do Pai na Eternidade do seio da Trindade e no tempo deste mundo.

 

Vindo do Pai, somente Ele conhece o Deus verdadeiro na Sua profundidade maior, no Seu mistério abissal; só Ele sabe que Deus é eternamente o Pai, o Eterno Amante, que no Espírito de Amor gera o Filho Amado (cf. Jo 1,18; 8,55).

Jesus, nosso Cristo, é este Filho Amado, imagem perfeita do Pai (cf. Cl 1,15), totalmente obediente a Ele em comunhão de amor (cf. Jo 14,31), a ponto de que, quem O vir, vê o Pai, quem O acolher, acolhe o Pai, quem O rejeitar, rejeita o Pai, fonte de toda a Vida!

 

Que ninguém se iluda; que o mundo relativista no qual vivemos nunca empane a certeza do nosso coração:

Jesus, o nosso Senhor, é a Luz que o Pai fez brilhar neste mundo;

só Ele é o Caminho do nosso peregrinar neste mundo,

só Ele é a Verdade que revela quem somos, qual o nosso destino e o sentido da nossa existência,

só Ele é a Vida que vivifica de Vida divina nossa humana existência,

só Ele é a Salvação que nos salva do absurdo de uma vida sem sentido, sem rumo, sem razão de ser!

Crer Nele é um ato de pura liberdade que deve ser totalmente respeitada! Mas, cada ser humano neste mundo será julgado e salvo ou condenado em relação à atitude para com Ele.

 

Não podemos julgar ninguém, não podemos impor a fé a quem quer que seja, não podemos nunca e sob hipótese alguma dizer que alguém está no inferno. Isto pertence ao mistério do juízo soberano de Deus: somente Ele é o Juiz absoluto! Mas, podemos dizer com certeza que o destino eterno de cada homem que vem a este mundo, sem exceção, tem a ver com o seu comportamento e sua atitude em relação ao Cristo de Deus, a Jesus nosso Senhor: “Quem Me rejeita e não acolhe Minhas palavras tem seu juiz: a palavra que proferi é que o julgará no Último Dia, porque o Pai, que Me enviou, Me prescreveu o que dizer e o que falar e sei que o Seu julgamento é vida eterna!”

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga
Please reload

Procurar por tags