Homilia para o II Domingo Comum - Ano A

Is 49,3.5-6 Sl 39 1Cor 1,1-3 Jo 1,29-34 Na segunda-feira passada, entramos no Tempo Comum. Hoje, com este Domingo, estamos iniciando a segunda semana deste Tempo verde; verde de quem caminha no pequeno dia-a-dia cheio de esperança, porque sabe que o Filho de Deus veio habitar entre nós, entrou nos nossos tempos para santificar os pequenos e aparentemente insignificantes momentos de nossa vida: “O Verbo Se fez carne e armou Sua tenda entre nós” (Jo 1,14). Para nós, nunca mais o tempo, a vida e a história humana serão a mesma coisa! Agora, tudo tem o gosto da presença de Deus, nossos tempos têm sabor de eternidade, perfume da Vida de Deus, do companheirismo misericordioso de Deus. Recordais o nome do Menino? “Emanuel, que significa Deus está conosco” (Mt 1,23). Então, que este Tempo Comum seja, para todos quantos, tempo de graça, tempo de vigilância amorosa, tempo de esperança invencível, tempo de generosa e operante disponibilidade para com o Senhor Emanuel, pois Emanuel Ele nunca deixará de ser! Até mesmo no momento de voltar para o Pai, na Ascensão, Ele afirmou: “Eis que Eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos!” (Mt 28,20). Vedes que fidelidade em estar conosco? Imitemos, portanto, tamanho amor, e estejamos com Ele nos dias da nossa vida, especialmente nos tempos deste Tempo Comum, este período de trinta e quatro semanas verdes! Neste segundo Domingo Comum, a Palavra de Deus ainda nos liga ao Batismo